Receitas de churrasco gaúcho

Os churrascos feitos no Rio Grande do Sul são conhecidos como os melhores do país, sem dúvida nenhuma, por isso mesmo que aqui nós resolvemos trazer as receitas de churrasco gaúcho mais famosas.

Com essas receitas, você poderá arrasar no próximo churrasco que fizer, seja com a sua família ou com seus amigos.

Aqui você vai conhecer o que há de mais importante em termos de dicas de quem saber fazer um bom churrasco pela tradição.

Vamos lá!

Churrasco bovino no carvão

Essa é uma receita de churrasco gaúcho bastante tradicional: a carne bovina assada no carvão.

Para isso, você deve comprar um bom pedaço de carne, que pode variar entre as mais nobres, como picanha ou bife ancho, ou outras opções mais em conta, como alcatra, maminha e costela.

Utilize sal grosso ao seu gosto para temperar a carne antes de levá-la ao fogo, e acenda a brasa do carvão, colocando a carne no espeto na altura necessária para assar e não queimá-la (o ideal é mantê-la em 25 cm de altura).

Deixe a carne atingir o ponto desejado, que pode ser mal passado, ao ponto ou bem passada.

Para quem está com fome ou não gosta da carne muito passada para não perder a suculência, a dica é fazê-la somente chamuscada, no chamado meio a meio, que é quando ela ainda fica escorrendo o sangue (nem todos gostam desse ponto).

Costela gaúcha com cachaça

Costela gaúcha com cachaça

Quer uma receita tipicamente gaúcha? Então essa aqui é bem direcionada para você!

A costela gaúcha com cachaça em duas horas fica pronta rápida e traz um sabor todo especial para a carne, que não é encontrada em nenhuma outra receita de churrasco gaúcho ou de qualquer outro lugar do Brasil.

Para fazê-la, você vai precisar de: 2 kg de costela bovina, sal grosso e 100 ml de cachaça (viu como é uma receita de ingredientes simples?).

Para preparar essa receita de churrasco, você precisa primeiro regar a costela inteira utilizando os 100 ml de cachaça, depois espetando a carne em um espeto duplo e levando para a churrasqueira.

Salgue a carne com sal grosso, ao seu gosto, e deixe assando em fogo branco por 2 horas, aproximadamente.

Deixe sempre a carne a uma altura de 90 centímetros, no mínimo, da base da churrasqueira, para que ela possa ir assando lentamente e não queime.

Quando a carne já estiver dourada, então você deve retirá-la do fogo e do espeto, fatiando-a e servindo.

O sabor é sensacional!

Churrasco de vala

Churrasco de vala

Aqui vai mais uma extremamente típica receita de churrasco gaúcho para você desenvolver em sua casa: o churrasco de vala.

Esse é um churrasco que demora muito mais para ficar pronto, no mínimo 6 horas, então é preciso paciência para aguardar, mas posso dizer que vale muito a pena a espera.

Para fazer um churrasco de vala, entretanto, é preciso primeiro ter uma vala de 6 metros de comprimento e depois acender o fogo.

Use o chamado sal médio (sal parilla) para salgar a carne e depois colocá-la no fogo.

Você pode escolher diversos tipos de corte para fazer essa receita de churrasco, mas aquelas mais gordurosas, como é o caso da picanha e as costelas, é o mais indicado.

A dica é deixar para virar a carne apenas quando ela já está bem perto de ficar pronta para ser servida, de modo que seja possível dourar o matambre.

Depois de pronta e já servida no prato, muita gente gosta de colocar uma manteiga de garrafa, ainda mais quando a carne é costela, o que dá um gosto especial a ela.

Churrasco com luxo gaúcho

Churrasco com luxo gaúcho

Já pensou em uma receita de churrasco gaúcho com cortes excelentes e muita carne boa para todos?

É isso que prega o churrasco com luxo gaúcho, que é uma das mais típicas receitas do Rio Grande do Sul, sem dúvida nenhuma.

Para isso, você vai precisar de determinados ingredientes, que são essenciais para qualquer churrasco: as carnes!

São elas: entrecorte ou bife ancho (1 kg), linguiça suína (1 kg), matambrino suíno (1 kg) e assados de tiras (1 kg), além do sal grosso para temperar as carnes, é claro.

Para preparar o seu churrasco, salgue todas as carnes citadas com sal grosso, e coloque então as peças no fogo, seja em um espeto ou na grelha, até que todas elas atinjam o ponto desejado por você (mal ou bem passado, ou ao ponto).

Com essas carnes prontas, você já pode servir a quem quiser comer apenas essa parte do churrasco, mas o luxo do gaúcho ainda leva outros importantes ingredientes, que são os acompanhamentos.

Os acompanhamentos são dois pimentões amarelos, queijo gorgonzola e queijo provolone, e também quatro cogumelos.

Para que você possa preparar os acompanhamentos, recheie os pimentões com os dois queijos (provolone e gorgonzola), e coloque-os para grelhar, juntamente com os cogumelos.

Tudo isso deve ser colocado no fogo e retirado dentro de 15 minutos, para evitar que eles passem do ponto.

Pronto, com isso o seu tradicional churrasco gaúcho estará pronto e incrível!

Fraldinha na manteiga

Fraldinha na manteiga

A última receita de churrasco gaúcho a ser vista aqui é o de fraldinha na manteiga, que é um corte de carne bastante apreciado por todos no estado sulista.

Você vai precisar, para essa receita, de 500 gramas de fraldinha bovina (ou 1 kg, dependendo de quantos vão comer), 100 gramas de manteiga, azeite, alho, alecrim e sal grosso.

Tempere a carne com o sal grosso e coloque ela no fogo, enquanto prepara o resto da receita em uma frigideira no fogão.

Coloque a frigideira no fogo e ao estar quente, adicione uma colher de azeite, 50 ml de manteiga, o alho cortado e o alecrim.

Retire a carne da churrasqueira e coloque-a na frigideira, com o fogo bem quente, apenas para selar de cada lado (cerca de 4 minutos por lado).

Deixe assar depois disso por 20 minutos na churrasqueira novamente, colocando por cima o restante da manteiga. Pronto, sua carne está pronta e é só saborear!